Comunidade de Práticas

Total de acessos: 5.468
Início Busca avançada
Temas mais publicados: #APS #Boas Práticas #PlanificaSUS

Apresentação do Plano de Implantação da Segurança do Paciente na USF Renato Medeiros

PORTO VELHO/RO - USF Dr Renato Medeiros

Durante o desenvolvimento do Workshop da Etapa 9, A transversalidade da Segurança do Paciente na Planificação da Atenção do Paciente, a Enfermeira Edinalva Pereira de Souza apresentou o Plano de Segurança do Paciente da USF Dr Renato Medeiros a todos os servidores e convidados presentes. Os workshop foram realizados nos dias 13 e 18 de abril, no auditório da Unidade de Saúde.
O Plano Nacional de Segurança do Paciente foi lançado pelo Ministério da Saúde (MS), através da publicação da Portaria nº 529 em 1º de abril de 2013. Um dos objetivos da Portaria é a implementação de ações voltadas para a segurança do paciente, a partir da criação dos Núcleos de Segurança do Paciente (NSP) nos serviços de saúde.
O Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP), que definiu Segurança do Paciente como “reduzir, a um mínimo aceitável, o risco de dano desnecessário associado ao cuidado de saúde” (BRASIL, 2014). Os protocolos básicos de segurança do paciente do MS correspondem às Metas Internacionais de Segurança do Paciente e servem para padronizar os processos de trabalho, melhorando a qualidade da assistência. (Portarias nº 1.377/ 2013; Portaria nº 2.095/ 2013)
O Plano de Segurança da USFRM tem como objetivo geral Proporcionar a segurança na Assistência à saúde aos usuários e servidores assistidos na Unidade de Saúde.
Metodologia: Para a elaboração do PSP utilizaremos a metodologia 5W2H, sendo as iniciais em inglês para as perguntas What (o quê?), Why (por quê?), Where (onde?), Who (quem?), When (quando?), How (como?) e How much (quanto custa?). Uso de evidências científicas descritas nos Protocolos Básicos de Segurança do Paciente e no Plano Integrado para a Gestão Sanitária da Segurança do Paciente, incluindo ações de execução e avaliação do processo.
Serão criados Times Assistenciais que são equipes formadas por profissionais de diferentes áreas da Unidade de Saúde, que buscam a inovação e a construção de canais de comunicação entre os setores. O trabalho em time é entendido como a relação entre dois ou mais profissionais que trabalham colaborativamente com funcionários e pacientes para alcançar metas compartilhadas pela equipe de saúde da Unidade.
O objetivos dos Times assistenciais são proporcionar uma maior integração entre os processos a favor da segurança e qualidade no atendimento ao paciente e obter uma visão mais ampla da instituição, nos quais são essenciais a realização do monitoramento dos protocolos gerenciados aplicados na rotina da unidade.
Os times assistenciais serão formados com (07) sete componentes cada, e inicialmente as metas abordadas serão a Identificação Correta do Paciente e as Higienização correta das Mãos.

#Segurança do Paciente #Workshop #Boas Práticas
4
0
26
Visualizações

Usuário e-Planifica

Tutor Unidade APS

UNIDADE DE SAUDE DA FAMILIA DR RENATO MEDEIROS

PORTO VELHO/RO

MADEIRA-MAMORE

SobreContatoPolítica de PrivacidadeFAQ
e-Planifica® - Todos os direitos reservados. Design por Elleven Criatividade e desenvolvido por Kidopi Soluções em Informática.