Comunidade de Práticas

Total de acessos: 4.967
Início Busca avançada
Temas mais publicados: #APS #Boas Práticas #PlanificaSUS

Paciente com trombose anterior.

Boa Vista/RR - Centro de Referência de Saúde da Mulher

Autores: Milene Lopes Fonseca (residente de Ginecologia e Obstetrícia) e Cynthia Dantas de Macedo Lins (obstetra).
O presente estudo tem como objetivo descrever um caso clínico de SAF+ Hipotireoidismo + Diabetes Gestacional (DMG) ocorrido em Roraima. JLS, 34 anos, GIVPIA2, IMC do início do pré-natal de 29,6 kg/m2, com Idade Gestacional (IG) da primeira consulta de 7 semanas(s) e realização de 11 consultas de pré-natal ao todo. Encaminhada ao Pré-Natal de Alto Risco (PNAR) por passado de trombose (de membros inferiores durante a gestação em 2009 e trombose mesentérica na gestação de 2017). No intervalo gestacional de 8 a 12 s, a gestante foi avaliada em duas consultas no PNAR, onde foram diagnosticados Hipotireoidismo e DMG, inserindo-se o seguinte receituário: 1) Levotiroxina 62,5mg (promovendo queda do TSH de 48,6 para 0,55), 2) Ácido Acetilsalicílico (AAS) (150mg/dia, período noturno, como profilaxia de pré-eclâmpsia), 3) Enoxaparina 40 mg e 4) dieta. Morfológico do primeiro, morfológico do segundo e ecocardiograma fetal sem alterações. Quando da IG 32s e 1 dias (d), foi diagnosticado Restrição de Crescimento Fetal (CIUR) estágio I de Gratacós, com piora do quadro em 2 dias (32s e 3 d) para estágio II de Gratacós (diástole zero na Artéria Umbilical - AU) no Ambulatório de Medicina Fetal do Centro de Referência de Saúde da Mulher, sendo encaminhada para programação da resolução no Hospital Materno-Infantil Nossa Senhora de Nazaré (HMINSN) (funcionando atualmente em um hospital de campanha). Na maternidade foi feito os seguintes medicamentos: 1) Betametasona 12mg Intramuscular dose única para maturação pulmonar, não realizado Sulfato de Magnésio (MgSO4) por IG superior a 32 semanas (32 sem+ 3 dias). No mesmo dia, foi realizado novo doppler que demonstrou piora do quadro com diástole reversa na AU (IP de artéria cerebral média 2,21 , IP da AU- 3,81 e Índice Cerebroplacentário- 0,58 (< percentil 5), sendo indicado cesárea de urgência e realizado laqueadura tubária bilateral (planejamento familiar realizado no pré-natal), nascendo recém-nascido (RN), vivo, masculino, pesando 1.415g, Apgar 9/9. O RN foi encaminhado a UTI, entubado, com oxigenioterapia por cinco dias devido a Desconforto Respiratório Precoce, evoluindo com Sepse Tardia (tratado com Penicilina Cristalina e Gentamicina por 11 dias). Após 21 dias de internação o RN recebeu alta, seguindo em aleitamento materno misto.

Obs.: caso clínico descrito com consentimento da paciente.

#Desfecho Clínico
7
0
17
Visualizações

Usuário e-Planifica

Equipe Unidade

CENTRO DE REF DA SAUDE DA MULHER MARIA LUIZA CASTRO PERIN

Boa Vista/RR

Centro Norte

SobreContatoPolítica de PrivacidadeFAQ
e-Planifica® - Todos os direitos reservados. Design por Elleven Criatividade e desenvolvido por Kidopi Soluções em Informática.