Comunidade de Práticas

Total de acessos: 4.967
Início Busca avançada
Temas mais publicados: #APS #Boas Práticas #PlanificaSUS

Principais Avanços e Desafios: AAE - Camaçari - BA

Simões Filho/BA - Policlínica Regional Simões Filho

Contextualização: A Região de Camaçari - BA é composta por sete municípios consorciados com serviço especializado por oferta. Em 2019 a Policlínica Regional de Simões Filho passou a ser unidade laboratório na Planificação da Atenção À Saúde (PAS) iniciando pela linha de cuidado a usuários com Diabetes Mellitus (DM) e Hipertensão Arterial (HAS) de alto e muito alto risco em dois turnos da semana, segue o Modelo de atenção as Condições Crônicas (MACC) pactuado pela gestão estadual e municipal, usando a metodologia proposta pelo programa PlanificaSUS. Atende agendamentos cotizados por Consórcio de Saúde, reestratifica, confirma e compartilha o o cuidado de usuários com alto e muito alto risco cardiovascular estratificados pela Atenção Primária em Saúde (APS) em turnos definidos. Tem agenda protegida para capacitações, Workshops, Oficinas, visitas de apoio e customização de processos. Estes momentos promovem o empoderamento da equipe para realizar o seu papel na RAS como ponto de atenção especializada e elo de integração com outros pontos de atenção para a continuidade da tecnologia de atenção continua proposta pela PAS. Atuando como Analista de Atenção Ambulatorial Especializada (AAE) na Região de Camaçari/BA destaco alguns avanços e desafios de processos implantados para atendimento especializado no modelo MACC.
Avanços:
- Equipe Multiprofissional e Carteira básica de serviços a linha de DM e HAS
- Baixa rotatividade da equipe que já pensa em rede e opera na proposta da atenção contínua para DM e HAS
- Engajamento das lideranças do serviço – Gestor e Tutora do Serviço
- Compartilhamento do Plano de Cuidado APS e AAE
- Comunicação entre Tutores e RT dos serviços através de grupo de WhatsApp, além do formal
- Agenda protegida para capacitações
- Organização de Oficinas, como a Estratificação de Risco para componentes da RAS
- Cronograma de visita as APS
- Comissões implantadas: Humanização, NSP, NEP e CCIH
- Monitora exames solicitados para agilizar consultas subsequentes
Desafios:
- Consolidação da cultura e do pensamento em rede
- Territorialização da região com estratificação de risco
- Adequar oferta de exames para usuários com DM e HAS de alto e muito alto risco
- Monitoramento e supervisão indireta do cuidado aos usuários, conforme modelo MACC
Sabemos que o modelo fragmentado que oferta consultas especializadas isoladas não atende as necessidades da população com maiores riscos de agravos, portanto é preciso trabalhar na construção de RAS e avançar na PAS. Ter especialistas para consultas não garante saúde sem apoio diagnóstico eficaz e acompanhamento de outros profissionais que buscam reduzir possíveis danos a portadores de condições crônicas fora do alvo. Aumentar os atendimentos multiprofissionais na linha de
cuidado de DM e HAS de alto e muito alto risco, superar a gestão de oferta e diminuir o tempo de espera para realização de exames especializados são oportunidades de melhoria importantes para Região de Camaçari - BA.

#AAE #Estratificação de Risco da Condição Crônica #MACC #Melhoria Contínua #Planificação
4
1
19
Visualizações
Usuário e-Planificahá 7 meses

Parabéns!

2 curtidas

Usuário e-Planifica

Participantes

SobreContatoPolítica de PrivacidadeFAQ
e-Planifica® - Todos os direitos reservados. Design por Elleven Criatividade e desenvolvido por Kidopi Soluções em Informática.